LEITURA DO CONTO PASSEIO NOTURNO, DE RUBEM FONSECA SOB A PERSPECTIVA DA CORRENTE CRÍTICA PSICANALÍTICA

Autores

  • Georgia Caroline dos Santos Grampes
  • Marcos David Souza Ramos

Palavras-chave:

Crítica Literária. Crítica Psicanalítica. Passeio Noturno.

Resumo

Sabe-se que a crítica literária é uma disciplina que analisa uma obra literária sob uma determinada perspectiva. O conto Passeio Noturno – Parte I, de Rubem Fonseca, faz parte do livro Feliz Ano Novo, que foi publicado em 1975 e teve grande repercussão na época, pois a atitude fria e perversa do protagonista chamou atenção dos leitores. Assim, o presente trabalho tem como principal objetivo apresentar uma leitura do conto Passeio Noturno – Parte I, de Rubem Fonseca, sob a perspectiva da corrente crítica psicanalítica. Para alcançar tal objetivo, outros elementos foram elencados: apresentar a biografia do autor, o enredo e histórico do conto; a discorrer sobre a corrente da crítica literária psicanalítica; analisar o conto, destacando os aspectos psicológicos presentes na obra literária. Os procedimentos metodológicos se deram por meio de uma pesquisa de natureza descritiva, de abordagem qualitativa. Este tipo de pesquisa tem como objetivo proporcionar maior familiaridade com o problema, com vistas a torná-lo mais explícito ou a construir hipóteses. A pesquisa qualitativa não se preocupa com representatividade numérica, mas, sim, com o aprofundamento da compreensão de um grupo social, de uma organização. Portanto, defende-se a importância da crítica literária para o desenvolvimento acadêmico e a criação de novos conhecimentos, pois ela permitir analisar também o fenômeno humano envolvido nos textos, bem como, os aspectos sociais, históricos e linguísticos. Da mesma forma, a crítica psicanalítica proporciona uma leitura ainda mais vasta e sob uma nova perspectiva para a obra literária.

Publicado

2019-08-26